Como Chegar

Ciclo de Palestras – Mulheres Artistas no Modernismo Brasileiro

Nunca se debateu tanto sobre a luta feminina, embate relevante por direitos e respeito. No século passado, algumas artistas desafiaram as tradições e convenções e se destacaram como referência na arte no Brasil. Elas ganham os holofotes da próxima conferência do Ciclo de Palestras da exposição “Formas do Moderno na Casa Fiat de Cultura – Coleção da Fundação Edson Queiroz”: “Mulheres Artistas no Modernismo Brasileiro”, a ser realizada no dia 22 de março, às 19h30, no espaço multiuso da Casa Fiat de Cultura. Com entrada gratuita, quem apresenta ao público essas mulheres que marcaram o modernismo é a historiadora Rita Lages Rodrigues.

A exposição conta com obras de artistas femininas como Maria Helena Vieira da Silva, Maria Martins, Judith Lauand e Ione Saldanha             , que deixaram sua marca na história da arte brasileira e mostraram suas diferentes formas de expressar e enxergar o mundo. Na conferência, outras artistas que se tornaram ícones, como Tarsila do Amaral e Anita Malfatti, serão abordadas por sua importância no cenário artístico.

A historiadora Rita Lages Rodrigues explica que a partir da participação das mulheres no modernismo brasileiro, pretende-se pontuar a entrada das mulheres no meio autônomo das artes plásticas. “A palestra busca refletir sobre a autonomização da esfera artística, ocorrida desde o século XIX, associada a transformações sociais mais amplas referentes à participação das mulheres em espaços antes definidos como masculinos. Será abordada também a realidade do modernismo em Belo Horizonte, em particular a participação feminina neste cenário”, ressalta.

A cada exposição, a Casa Fiat de Cultura realiza um ciclo de palestras para que o público possa conhecer mais sobre a temática de suas mostras. Com duração de cerca uma hora meia, elas são ministradas por renomados especialistas dos temas abordados. A próxima conferência será realizada no dia 19 de abril, sobre colecionismo.

Rita Lages Rodrigues possui doutorado e mestrado em História pela Universidade Federal de Minas Gerais, na linha de pesquisa História Social da Cultura. É Professora Adjunto II do Departamento de Artes Plásticas da Escola de Belas Artes da UFMG. É autora do livro Entre Bruxelas e Belo Horizonte: itinerários da escultora Jeanne Louise Milde. Atualmente participa de grupos de pesquisa como o CCNM e coordena o Grupo de Pesquisa Estopim – Núcleo de estudos interdisciplinares do Patrimônio Cultural – junto com o pesquisador Luiz Henrique Assis Garcia. Trabalha com História dos séculos XIX e XX com os seguintes temas: Belo Horizonte, História da arquitetura e História da arte, História das cidades, Patrimônio Cultural, História das mulheres.

O modernismo foi o mais intenso movimento artístico brasileiro. Questionou a forma de ver o país, imaginou uma nova nação e enriqueceu o cenário com uma nova arte. Até o dia 8 de maio, o público poderá apreciar as mais variadas formas usadas pelos artistas do século passado em busca da almejada modernidade que marcou o movimento. Reunindo cerca de 60 obras de importantes artistas do Modernismo Brasileiro, a exposição “Formas do Moderno na Casa Fiat de Cultura – Coleção da Fundação Edson Queiroz” apresenta uma das mais significativas coleções de arte brasileira, inédita em Belo Horizonte, integrando a programação dos 10 anos da Casa Fiat de Cultura. Entrada gratuita.

A mostra proporciona um passeio pela história da arte moderna brasileira, ao apresentar grandes nomes, como Lasar Segall, Cândido Portinari, Di Cavalcanti, Victor Brecheret, Guignard, Bruno Giorgi, Cícero Dias, Flavio de Carvalho, Alfredo Volpi, Helio Oiticica, José Pancetti, Antonio Bandeira, Antônio Gomide, Ernesto Di Fiori, Hermelindo Fiaminghi, Ione Saldanha, Ismael Nery, Judith Lauand, Lothar Charoux, Maria Helena Vieira da Silva, Maria Martins, Milton Dacosta, Ruben Valetim Samson Flexor, Vicente do Rêgo Monteiro e Willys de Castro. Ao todo, o público poderá apreciar 52 pinturas e cinco esculturas, com destaque para as obras “Duas Amigas” (1913), de Lasar Segall, “Mulata com Flores”, de Di Cavalcanti (sem data), “Mulher e Crianças” (1940), de Portinari, e “Lavadeiras do Abaeté” (1956), de Pancetti.

Há 10 anos, a Casa Fiat de Cultura cumpre importante papel na transformação do cenário cultural mineiro, ao apresentar, em Belo Horizonte, 19 importantes exposições, de renomados artistas brasileiros e internacionais. A grande arte de Caravaggio, Chagall, De Chirico, Rodin, Tarsila do Amaral e outros pôde ser apreciada e discutida de forma gratuita ao longo dos anos, por todos os públicos, de todas as idades e classes sociais. Sempre com mostras inéditas, a instituição desenvolve um Programa Educativo que é peça fundamental nesse trabalho de valorização e de ampliação do conhecimento proporcionado a seu público. Para cada exposição, são idealizados conceitos e temáticas a serem trabalhados em atividades educativas, em um modelo de Ateliê Aberto, que proporciona aos visitantes um espaço de experimentação livre e de participação nos processos do fazer criativo. Cerca de 800 mil pessoas já visitaram a Casa Fiat de Cultura e mais de 300 mil pessoas participaram das atividades educativas. Para cada público, uma abordagem especial é adotada, com o intuito de encantar e transformar, de maneira positiva, o imaginário de cada visitante. É com esse espírito de envolvimento e inclusão que a Casa Fiat de Cultura tornou-se referência no Brasil, por meio da arte e da cultura, ao proporcionar experiências memoráveis ao público.

Ciclo de Palestras da exposição “Formas do Moderno na Casa Fiat de Cultura – “Coleção da Fundação Edson Queiroz”
Palestra: Mulheres Artistas no Modernismo Brasileiro
Palestrante: Rita Lages Rodrigues
22 de março, às 19h30
Entrada Gratuita

Espaço Multiuso da Casa Fiat de Cultura

Praça da Liberdade, 10 – Funcionários – BH/MG
4º andar
Espaço sujeito à lotação (200 lugares)

 

Exposição Formas do Moderno na Casa Fiat de Cultura – Coleção da Fundação Edson Queiroz

Até 8 de maio

Entrada Gratuita

Informações
(31) 3289-8900
www.casafiatdecultura.com.br
casafiat@casafiat.com.br
facebook.com.br/casafiatdecultura
Instagram:@casafiatdecultura

Balklänning Robe De Mariée Robe De Mariée Balklänning