Como Chegar

A CASA FIAT DE CULTURA APRESENTA O GRUPO DE CÂMARA DA ORQUESTRA JOVEM SESIMINAS

A Capela de Santana, localizada nos jardins da Casa Fiat de Cultura, será palco de mais uma edição do “Música na Capela”. No próximo domingo, 25 de setembro, às 11h, oGrupo de Câmara da Orquestra Jovem Sesiminas, regido pelo maestro Marco Antônio Maia Drumond, se apresenta no espaço. Com repertório variado, serão executadas obras de Ernani Aguiar, Ernst Mahle, Villoldo, bem como arranjos de músicas conhecidas pelo grande público, como algumas canções de Beatles, Luiz Gonzaga e Carlos Gardel, que prometem encantar a plateia. A entrada é gratuita, sujeita à lotação (80 lugares).

O Grupo de Câmara da Orquestra proporciona aos espectadores momentos de entretenimento e aprendizado com o melhor da música erudita e releituras de canções populares. Em uma seleção que mescla diferentes gêneros musicais, o público poderá ouvir a composição clássica Instantes II de Prados, do brasileiro Ernani Aguiar, baseado na manifestação cultural que ocorre na cidade de Prados (MG), há mais de 150 anos. O folclore brasileiro também será homenageado pela Suíte Viajando pelo Brasil, do compositor alemão naturalizado brasileiro Ernst Mahle. A música brasileira ainda se manifesta no repertório com as canções populares Que nem Jiló e Feira de Mangaio, de Luiz Gonzaga à Sivuca. O tango argentino também terá espaço no repertório, com a famosa canção El Choclo, de A.G. Villoldo, um dos precursores desse estilo, Caminos Argentinos e La Cumparsita, de Manookian e Una Cabeza, de Carlos Gardel.

Serão executadas também algumas releituras de canções conhecidas pelo grande público, como o tema de abertura da premiada série de TV americana Game of Thrones, de Ramin Djawadi, baseada nos best-sellers de George R. R. Martin, grande sucesso de audiência, e a trilha sonora do filme Piratas do Caribe, do compositor erudito Klaus Baldet.  A sequência final fica por conta dos Beatles, com as canções: Girl, Lady Madona e Eleanor Rigby, que ganham novos arranjos com as cordas, em um arranjo surpreendente.  Segundo o maestro Marco Antônio Maia Drumond, “o público irá conferir desde obras do repertório clássico até canções populares do folclore brasileiro, fazendo dos concertos uma oportunidade para que as famílias possam apreciar a música de forma completa”, explica o maestro.

Em 2016, o público poderá conferir mais duas apresentações do “Música na Capela”.  No dia 30 de outubro, será a vez do Coral Sesiminas encantar a todos com a boa música. Em 18 de dezembro, o Coral volta à Capela de Santana para concerto especial de Natal. O programa “Música na Capela” é uma parceria da Casa Fiat de Cultura e do Sesi MG, que busca ampliar o conhecimento e a formação musical do público, oferecendo uma programação de qualidade e diversificada.

Nascido em Belo Horizonte, aos cinco anos de idade Marco Antonio começou a estudar música com a educadora Célia Flores Nava. Em 1960, ingressou no curso fundamental de violino da Universidade Mineira de Arte – hoje, Escola de Música da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) –, onde frequentou a classe do professor Gabor Buza. Em 1974, foi admitido no curso de graduação em Regência da Escola de Música da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), estudando sob a orientação do maestro Arthur Bosmans. Paralelamente, continuou o curso de violino com seu antigo professor.

Em 1981, obteve bolsa do governo polonês e seguiu para Varsóvia, onde realizou curso de pós-graduação em regência operística na Academia de Música Frederyk Chopin, estudando sob a orientação do maestro Henryk Czyz. Em 1983, em Weimar, frequentou curso de regência sinfônica com o maestro Kurt Mazur. De volta ao Brasil, assumiu, em 1986, a direção artística do Madrigal Renascentista e organizou a Orquestra de Câmara Sesiminas, da qual é regente até os dias hoje. Retornou à Polônia em duas oportunidades para dirigir orquestras como as Filarmônicas de Walbrzych (1986) e de Szczeczyn (1992).

Responsável pela formação básica de diversos músicos que hoje atuam profissionalmente, a Escola de Formação de Instrumentistas de Cordas do SESIMINAS – EFIC,que completou 26 anos de atividade em maio deste ano, é hoje uma referência no meio musical por seu projeto pedagógico e pela resultante desse projeto – A Orquestra Jovem SESIMINAS. Dividida em 3 níveis, possui atualmente 85 músicos em sua formação e um Grupo de Câmara, formados exclusivamente por alunos e ex-alunos da Escola que estão cursando o primeiro ano de graduação em música.

O grupo possui em seu currículo inúmeros concertos em teatros de Belo Horizonte, interior de Minas Gerais, Espírito Santo, Goiás, Rio Grande do Sul e Paraná, bem como concertos didáticos em indústrias. escolas, creches e Igrejas.

Há 10 anos, a Casa Fiat de Cultura cumpre importante papel na transformação do cenário cultural mineiro, ao apresentar, em Belo Horizonte, mais de 20 importantes exposições, de renomados artistas brasileiros e internacionais. A grande arte de Caravaggio, Chagall, De Chirico, Rodin, Tarsila do Amaral e outros pôde ser apreciada e discutida de forma gratuita ao longo dos anos, por todos os públicos, de todas as idades e classes sociais.

Sempre com mostras inéditas, a instituição desenvolve um Programa Educativo que é peça fundamental nesse trabalho de valorização e de ampliação do conhecimento proporcionado a seu público. Para cada exposição, são idealizados conceitos e temáticas a serem trabalhados em atividades educativas, em um modelo de Ateliê Aberto, que proporciona aos visitantes um espaço de experimentação livre e de participação nos processos do fazer criativo.

Cerca de 1,8 milhão de pessoas já visitaram a Casa Fiat de Cultura e mais de 300 mil pessoas participaram das atividades educativas. Para cada público, uma abordagem especial é adotada, com o intuito de encantar e transformar, de maneira positiva, o imaginário de cada visitante. É com esse espírito de envolvimento e inclusão que a Casa Fiat de Cultura tornou-se referência no Brasil, por meio da arte e da cultura, ao proporcionar experiências memoráveis ao público.

Serviço:

Música na Capela

Dia 25 de setembro, domingo, às 11h

Grupo de Câmara da Orquestra Jovem SESIMINAS

Maestro Marco Antonio Maia Drumond

 

Entrada Gratuita

Violinos: Bárbara Domingos

Henrique Rocha

Thamires Cunha

Viola: André Inácio

 

Violoncelos: Ana Paula Rocha

Breno Augusto

 

Programa

Ernani Aguiar – Instantes II de Prados

I- Moderato e Fluente
II- Boi Mofado
III- Cantilena
IV-Ronda

Suíte Viajando pelo Brasil – Ernst Mahle

  1. I) Eu não Vim para Ficar (Maranhão)
    II) São João Dararão (Piauí)
    III) Menino Vá Dormir (Sergipe)
    IV) Meu Guriabá (Alagoas)
    V) Êh! Morena (Minas Gerais)
    VI) Jacaré (São Paulo)

De Gonzaga à Sivuca (Que nem Jiló – Feira de Mangaio) – L.Gonzaga & H.Teixeira / Sivuca
Arranjo: Leonardo Cunha
A.G. Villoldo – El Choclo
Manookian – Caminos Argentinos – La Cumparsita
Carlos Gardel – Por Una Cabeza

Arranjo: Leonardo Cunha
Ramin Djawadi – Game of Thrones *
Klaus Baldet – Piratas do Caribe *
Beatles – Girl *
Beatles – Lady Madona *
Beatles – Eleanor Rigby *

*arranjos Luciene Villani (co-maestrina da Orquestra Jovem Sesiminas)

Balklänning Robe De Mariée Robe De Mariée Balklänning