Como Chegar

Casa Fiat de Cultura no Circuito das Letras

Casa Fiat de Cultura apresenta programação especial para o Circuito das Letras

Com foco na literatura, atividades abrangem palestras, exposições, Sarau Sensorial e ainda a inauguração de uma nova biblioteca para os mineiros

A Casa Fiat de Cultura, em parceria com a Escola Internacional Fundação Torino e o Circuito Liberdade, preparou uma programação especial para o Circuito das Letras, evento literário que vai ocupar o Circuito Liberdade entre os dias 5 e 9 de outubro. O público poderá participar de atividades gratuitas, entre exposições, palestras e mostra de poemas que provoca experiências sensoriais. A literatura e a acessibilidade serão os focos da programação, que atende a públicos de todas as idades.

Exposição Do outro lado do desenho – Leo Santana na Casa Fiat de Cultura

Até 4 de dezembro de 2016  – Casa Fiat de Cultura

A nova exposição da Casa Fiat de Cultura, inaugurada no dia 4 de outubro, traz à programação do Circuito das Letras uma combinação entre arte, brasilidade e poesia. O artista plástico mineiro Leo Santana, conhecido mundialmente por suas esculturas de personalidades – como a do escritor Carlos Drummond de Andrade, no calçadão de Copacabana, no Rio de Janeiro – apresenta exposição inédita em Belo Horizonte. Com entrada gratuita, a mostra “Do outro lado do desenho” reúne 51 obras, entre desenhos em grafite e esculturas em bronze, que traçam um paralelo entre o bidimensional e o tridimensional e revelam a produção autoral do artista.

Logo no início da exposição, o público mineiro poderá se sentir na praia de Copacabana, em uma cenografia preparada para receber a réplica de “Drummond no Calçadão”. Com curadoria do professor e artista visual Marcos Hill, a mostra apresenta as facetas de Leo Santana, fundamentadas numa prática incansável do desenho e seu avanço para os volumes escultóricos. Tanto nos desenhos como nas esculturas, o movimento corporal, as sombras, as expressões e a sensualidade, traduzem a alma das pessoas retratadas pelo artista.

Exposição “Renascimento Gráfico” – Daniel Tavares na Piccolla Galeria da Casa Fiat de Cultura

Até 9 de outubro de 2016 - Casa Fiat de Cultura

Na Piccola Galleria, novo espaço expositivo no hall principal da Casa Fiat de Cultura, o artista mineiro Daniel Tavares apresenta a exposição “Renascimento Gráfico”. A mostra, que está em cartaz até o dia 9 de outubro, é a primeira a ser apresentada entre os seis contemplados no programa de seleção realizado pela Casa Fiat de Cultura, que visa incentivar o trabalho de artistas que estão despontando no cenário cultural. A exposição apresenta 10 pinturas inéditas que retratam uma releitura gráfica e saudosa do artista em relação às clássicas esculturas renascentistas encontradas por toda a Itália.

Painel “História das Práticas Sociais de Leitura”

5 de outubro, 14h30, Espaço Multiuso da Casa Fiat de Cultura

Para inaugurar a programação específica sobre literatura na Casa Fiat de Cultura, no dia 5 de outubro, a partir das 14h30, será realizado no Espaço Multiuso o painel “História das Práticas Sociais de Leitura”, com Maria da Conceição Carvalho, professora da Escola de Ciência da Informação da UFMG.  Durante a conversa, o público poderá compreender como, nas várias épocas da história humana, a prática da leitura foi transformando-se de acordo com a construção social de cada uma dessas épocas e ainda perceber como é a forma como as pessoas leem nos tempos atuais.

Maria da Conceição Carvalho é doutora em Literatura Comparada e Mestre em Ciência da Informação, ambos pela UFMG. Atualmente é professora da Escola Ciência da Informação da UFMG. Pesquisadora nos campos da Biblioteconomia e dos Estudos Literários, atuando principalmente com as temáticas da História da leitura, Leitura e formação do leitor, Literatura infantil e juvenil, Arquivos Literários. É membro do International Association of School Librarianship (IASL), do INTERCOM – Núcleo de Estudos da Edição e do Grupo de Estudos em Biblioteca Escolar (GEBE) da ECI/UFMG.

 

Quartas Italianas – Palestra sobre “Boccaccio e o Decameron”, com Daria Porseo

5 de outubro, 19h30, Espaço Multiuso da Casa Fiat de Cultura

Ainda no dia 5 de outubro, quarta-feira, às 19h30, a Casa Fiat de Cultura, a Fundação Torino e o Consulado da Itália em Belo Horizonte realizam edição especial das “Quartas Italianas” para o Circuito das Letras, com entrada gratuita. A especialista em literatura italiana Daria Porseo, apresenta a palestra “Boccaccio e o Decameron”, em que aborda a vida de Giovanni Boccaccio, escritor, poeta e humanista do século XIV, considerado fundamental para a criação da língua italiana.

Especializado na obra de Dante Alighieri e autor do Decameron, Boccaccio é considerado o criador da prosa italiana e a sua obra influenciou Chaucer, Shakespeare e muitos outros escritores. Com múltiplas alusões a personagens ou a costumes populares, o Decameron constitui uma verdadeira comédia humana da Idade Média. A palestra é realizada em italiano, com tradução simultânea. A entrada é gratuita, sujeita à lotação (250 lugares).

 

Inauguração da Biblioteca Dante Alighieri

6 de outubro, 19h30, Auditório da Fundação Torino, no bairro Belvedere

A Casa Fiat de Cultura e a Fundação Torino celebram sua mais nova parceria literária dentro da programação do Circuito das Letras. No dia 6 de outubro, às 19h30, será inaugurada ao grande público, no Auditório da Fundação Torino, a Biblioteca Dante Alighieri, com a palestra “400 anos da morte de Shakespeare”, com o poeta, letrista e roteirista Geraldo Carneiro. Parte do programa “Divinas Conversas” da Fundação Torino, a palestra conta com entrada gratuita, sujeita à lotação do espaço.

A biblioteca Dante Alighieri foi aberta no primeiro semestre à comunidade acadêmica, alunos e familiares da instituição de ensino e, agora, possibilita o acesso ao acervo pela sociedade.  Na Casa Fiat de Cultura, um totem foi instalado para consulta aos títulos e reservas. Nesse intercâmbio de expertises entre as duas instituições, serão desenvolvidas posteriormente atividades literárias abertas ao público.

Sarau Sensorial

6 a 13 de outubro, Hall principal da Casa Fiat de Cultura

A Casa Fiat de Cultura, em parceria com a Fundação Torino, promoverá, do dia 6 a 13 de outubro, um Sarau Sensorial no hall principal, com uma mostra de poemas que exploram as capacidades de ler, ouvir, tocar e sentir. Com autores de diferentes partes do mundo, os poemas estarão disponíveis para visitantes com deficiência visual ou videntes, possibilitando ao público uma experiência sensorial, por meio da literatura. Serão oferecidas múltiplas possibilidades de contato dos participantes com o texto poético, envolvendo outros sentidos durante a experiência.

Os poemas brasileiros Família, de Carlos Drummond de Andrade, Cartas de meu avô, de Manuel Bandeira, Retrato, de Cecília Meireles, Relógio, de Oswald de Andrade, Quando vê o ipê florido, de Dado Amaral, As coisas, de Arnaldo Antunes, e Sensemayá, do poeta cubano Nícolas Guillen e L´infinito, do italiano Giacomo Leopardi, serão adaptados em diferentes formatos para leitura.

Será criada uma mesa sensorial para pessoas com deficiência visual, onde os poemas serão reproduzidos em braile ou transmitidos por som ambiente. Além disso, uma mesa será criada para videntes – pessoas sem necessidades especiais –, que serão vendados, de forma que possam aguçar outros sentidos além da visão e promover uma empatia em relação aos desafios enfrentados pelas pessoas com deficiência. Neste ambiente, serão reproduzidos poemas em alto relevo, poemas que exploram a forma e o movimento (poemas cinéticos), e poemas gravados e transmitidos por som ambiente.

Mesa “Acessibilidade: A Literatura como direito para todos”

8 de outubro, às 14h30, Espaço Multiuso da Casa Fiat de Cultura

 

Para fechar a programação na Casa Fiat de Cultura, o tema da acessibilidade volta a ganhar destaque, desta vez durante a mesa “Acessibilidade: A Literatura como direito para todos”, que será realizada no sábado, dia 8 de outubro, às 14h30, no Espaço Multiuso. Com mediação do Coordenador Especial de Apoio e Assistência à Pessoa com Deficiência, da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania, Romerito Costa Nascimento, a mesa apresenta especialistas em acessibilidade, que irão discutir sobre o acesso da sociedade à literatura. A participação é gratuita, sujeita à lotação do espaço (250 lugares).

O acesso à literatura é um direito de todos, e é por meio dela que a capacidade criativa, inventiva, a sensibilidade, a informação e a imaginação são estimuladas como formas de comunicação intersubjetiva, de expressão do ser humano e do acesso ao conhecimento construídos pela humanidade. Assim, partindo do pressuposto de que a promoção da acessibilidade atua como um empenho de se fazer valer o direito humano à cultura e à educação, bibliotecas brasileiras têm investido na educação e na inclusão de todos os membros da sociedade, com a promulgação de iniciativas e atitudes para que todos alcancem os livros nas bibliotecas.

 

Ana Paula Silva (SP) - Psicóloga com carreira no terceiro setor há 16 anos com atuação em projetos no Brasil, Estados Unidos e Moçambique. Colaboradora da Fundação Dorina desde 2013, coordena o projeto Rede de Leitura Inclusiva que desenvolve projetos de mobilização, capacitação de profissionais e construção de ações com instituições brasileiras em prol da leitura e acesso à informação, além de outros projetos de acessibilidade.

 

Carla Mauch (SP) - Pedagoga, Coordenadora Geral da Mais Diferenças, Empreendedora Social da Ashoka, Líder da Rede de Inclusão Social do Centro de Excelência em Tecnologia e Inovação em Benefício das Pessoas com Deficiência da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Membro do Conselho Consultivo da Ouvidoria da DPESP. Está à frente do Projeto Acessibilidade em Bibliotecas Públicas, iniciativa do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas/Ministério da Cultura.

 

Glicélio Ramos (MG) - Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental pela Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho (Fundação João Pinheiro). É membro do Conselho Estadual da Pessoa com Deficiência de Minas Gerais e coordenador do Setor Braille da Superintendência de  Bibliotecas Públicas e Suplemento Literário.

 

Mediador: Romerito Costa Nascimento (MG) - possui graduação em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Foi assessor para assuntos de inclusão e acessibilidade de alunos com deficiência da UFMG e atualmente está à frente da Coordenadoria Especial de Apoio e Assistência à Pessoa com Deficiência, da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania.

 

Exposição “Do outro lado do desenho – Leo Santana na Casa Fiat de Cultura”

De 4 de outubro a 4 de dezembro de 2016

Agendamento de grupos e escolas: (31) 3289-8910

 

Exposição “Renascimento Gráfico” – Daniel Tavares na Piccola Galleria da Casa Fiat de Cultura

De 20 de setembro a 9 de outubro de 2016

Piccola Galleria da Casa Fiat de Cultura

 

Painel “História das Práticas Sociais de Leitura”

5 de outubro, quarta-feira, às 14h30

Espaço Multiuso da Casa Fiat de Cultura. Sujeito à lotação (250 lugares)

 

Quartas italianas na Casa Fiat de Cultura

Palestra sobre “Boccaccio e o Decameron”, com a Profº Daria Porseo

5 de outubro, quarta-feira, às 19h30

Palestra em italiano, com tradução simultânea

Espaço Multiuso da Casa Fiat de Cultura. Sujeito à lotação (250 lugares)

 

Abertura ao público da Biblioteca Dante Alighieri da Fundação Torino

Palestra “Os 400 anos da morte de Shakespeare”, com o poeta e letrista Geraldo Carneiro

6 de outubro, quinta-feira, às 19h30

Auditório da Fundação Torino – Rua Jornalista Djalma Andrade, 1300 – Belvedere – BH/MG

Entrada gratuita, sujeita à lotação do espaço (174 lugares).

 

Sarau Sensorial

6 da 13 de outubro

Terça a sexta, das 10h às 21h – Sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h

Hall principal da Casa Fiat de Cultura

 

Mesa “Acessibilidade: A Literatura como direito para todos”

8 de outubro, sábado, às 14h30

Espaço Multiuso da Casa Fiat de Cultura. Sujeito à lotação (250 lugares)

 

Toda a programação é gratuita.

 

Casa Fiat de Cultura

Circuito Liberdade

Praça da Liberdade, 10 – Funcionários – BH/MG

 

Horário de funcionamento: terça a sexta, das 10h às 21h – Sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h

 

Informações

(31) 3289-8900

www.casafiatdecultura.com.br

casafiat@casafiat.com.br

facebook.com.br/casafiatdecultura

Instagram: @casafiatdecultura

www.circuitoculturalliberdade.com.br

 

Informações para a Imprensa

Personal Press 

Polliane Eliziário – polliane.eliziario@personalpress.jor.br – (31) 9-9788-3029

Balklänning Robe De Mariée Robe De Mariée Balklänning