Como Chegar

Divinas Conversas

Um dos maiores escritores da contemporaneidade, Carrascoza fala sobre literatura e seu diálogo com outras artes e ofícios, em bate-papo gratuito com o público

A Fundação Torino, parceira da Casa Fiat de Cultura, dá início à quarta edição do projeto Divinas Conversas. Quem estreia essa nova edição é o escritor, publicitário, ensaísta e professor universitário João Anzanello Carrascoza, que no dia 26 de setembro, às 19h30, discorre sobre as “Afinidades eletivas: a literatura em diálogo com outras artes e ofícios”. A palestra será realizada no auditório do Centro Cultural da Fundação Torino, é aberta à comunidade, tem entrada gratuita e está sujeita à lotação do espaço (170 lugares).

O projeto Divinas Conversas é um ciclo de conferências que recebe importantes personalidades para uma conversa com o público. A escritora Marina Colasanti, o poeta Geraldo Carneiro e o cronista Antônio Prata são alguns nomes que já participaram da iniciativa.

 

Sobre João Anzanello Carrascoza

João Anzanello Carrascoza é um dos escritores brasileiros mais talentosos e bem-sucedidos da contemporaneidade com dezenas de livros publicados entre contos, literatura infantojuvenil e romances. Além de escritor, é publicitário e professor na Escola de Comunicação e Arte da Universidade de São Paulo. Estreou na literatura com o livro Hotel Solidão (1994). Publicou vários livros de contos, como Duas tardes(2002), Espinhos e alfinetes (2010), Amores mínimos (2011), O volume do silêncio (2006, prêmio Jabuti) e Aquela água toda (2012, prêmio APCA). Em seu primeiro romance, Aos 7 e aos 40 (Cosac Naify, 2013), Carrascoza escreveu que “o presente é feito de todas as ausências”. Em Caderno de um ausente (Cosac Naify, 2014), essa ideia se materializa de forma contundente, alçada por um lirismo poucas vezes visto na literatura brasileira.

 

Para participar, confirme sua presença ligando para 3289-4200.

 

 

Balklänning Robe De Mariée Robe De Mariée Balklänning