Como Chegar

Bate-papo com Márcio Sampaio e Nello Rangel

CASA FIAT DE CULTURA REALIZA BATE-PAPO SOBRE A VIDA E OBRA DOS ARTISTAS E IRMÃOS MINEIROS, NELLO NUNO E ELIANA RANGEL

A conversa será com os curadores Márcio Sampaio, viúvo de Eliana Rangel,
e Nello Rangel, filho de Nello Nuno

A Casa Fiat de Cultura realiza, como programação complementar à exposição “Construções Afetivas: Nello Nuno e Eliana Rangel”, o bate-papo “Vida e Obra de Nello Nuno e Eliana Rangel”, com os curadores Márcio Sampaio e Nello Rangel. A conversa está marcada para esta quinta-feira, 5 de abril, das 19h30 às 21h. A entrada é gratuita, com espaço sujeito à lotação (200 lugares) e distribuição de senhas a partir das 18h30.

Márcio Sampaio, viúvo de Eliana Rangel, é artista plástico, crítico de arte, e autor dos livros “Nello Nuno: a poética do cotidiano” e “Eliana Rangel: construções afetivas”, publicações que estão à venda no Café da Casa Fiat de Cultura ao preço de R$ 70 cada. Nello Rangel, filho dos artistas Nello Nuno e Anna Amélia Lopes, é artista plástico, professor de Artes e psicólogo.

Márcio dará início ao bate-papo falando sobre os livros que escreveu a respeito da história de vida dos dois irmãos, com detalhes sobre suas trajetórias artísticas, e depois contará sobre o projeto da exposição e compartilhará detalhes sobre a vida dos artistas. Nello Rangel também participa da conversa, abordando mais especificamente sobre a vida e obra de Nello Nuno. O mediador do encontro será o presidente da Casa Fiat de Cultura, José Eduardo de Lima Pereira. Estarão na plateia, para contribuir com o bate-papo, a viúva de Nello Nuno, a artista plástica Anna Amélia Lopes, e a colecionadora Simone Andrade Neves.

 

Sobre a exposição “Construções Afetivas: Nello Nuno e Eliana Rangel na Casa Fiat de Cultura”

A mostra reúne, pela primeira vez, a obra de Nello Nuno e Eliana Rangel, dois irmãos e artistas mineiros, que se consagraram como grandes nomes do cenário artístico. Pela primeira vez, os irmãos ganham uma Mostra conjunta que os homenageia, uma vez que Nello Nuno morreu em 1975 e Eliana Rangel, em 2003. São mais de 80 obras expostas, que revelam as singularidades e afinidades entre os artistas e marcam várias fases da produção de cada um. Desde as telas sobre infância de Eliana até as mais espirituais na vida adulta, assim como as pinturas paisagens de Ouro Preto (MG) e o cotidiano da família de Nello, é possível perceber as construções afetivas dos irmãos. Os visitantes poderão apreciar obras como A Árvore da vida (1974), uma das mais expressivas de Nello Nuno, e Terra, ritmo (1986), a qual Eliana propõe uma “arte mestiça”, com signos das culturas indígena e africana. A exposição fica aberta à visitação até 6 de maio, com entrada gratuita.

 

 

SERVIÇO

Bate-papo: Vida e Obra de Nello Nuno e Eliana Rangel

Com os curadores Márcio Sampaio e Nello Rangel

Dia: 5/04

Horários: 19h30 às 21h

Vagas: 200 vagas (A distribuição das senhas será a partir das 18h30)

Entrada gratuita

Informações:  (31) 3289-8900

 

Exposição Construções Afetivas: Nello Nuno e Eliana Rangel na Casa Fiat de Cultura

Até 6 de maio de 2018

Terça a sexta, das 10h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h

Entrada gratuita

Balklänning Robe De Mariée Robe De Mariée Balklänning