Como Chegar

Observatório Circuito Liberdade – O artista, a cidade e o espaço cultural

OBSERVATÓRIO CIRCUITO LIBERDADE – O ARTISTA, A CIDADE E O ESPAÇO CULTURAL

O MC Kdu dos Anjos e a artista visual Priscila Amoni serão os convidados da noite, na Casa Fiat de Cultura, às 19 horas

 

O Observatório do Circuito Liberdade realiza sua 8ª edição na próxima quinta-feira, 21 de junho, às 19 horas, na Casa Fiat de Cultura. O tema, escolhido pelo público, é “O artista, a cidade e o espaço cultural”. A entrada é gratuita, sujeita à lotação do espaço.

Para abordar o assunto, foram convidados o MC, poeta e professor Kdu dos Anjos e a artista visual, co-criadora do CURA – Circuito Urbano de Artes, Priscila Amoni.  O gestor do Memorial Minas Gerais Vale, do Circuito Liberdade, Wagner Tameirão, vai mediar o debate.

Os convidados apresentarão ao público suas experiências como artistas e como cidadãos de Belo Horizonte, trazendo a tona o debate sobre o relacionamento dos artistas com o espaço público urbano e com as instituições culturais.

Kdu dos Anjos é coordenador do Centro Cultural “Lá da Favelinha”, no Aglomerado da Serra, uma organização independente que promove oficinas educativas gratuitas e eventos culturais para jovens e crianças.  Artista multifacetado, ele também tem um trabalho musical reconhecido. Com quatro CDs, Kdu é MC, compositor, poeta, professor de rap, produtor cultural e integrante de um teatro de bonecos.

Com a realização de trabalhos em murais do Brasil e da Europa, Priscila Amoni  também vai trazer para este debate sua participação recente no CURA – Circuito Urbano de Artes, que modificou a paisagem de diversas regiões do centro de Belo Horizonte e teve uma repercussão popular significativa.  Essencialmente muralista, o trabalho de Priscila é a expressão de sua relação com o poder feminino e das plantas, privilegiando a perspectiva do conhecimento popular e da cultura oral.

Wagner Luiz Gomes Tameirão trabalha com gestão cultural há 25 anos, sendo especialista em Gestão de Espaços Culturais e Sustentabilidade. Também atua na área de produção cultural e curadoria de artes cênicas com o foco em dança contemporânea. Tameirão é o gestor do Memorial Minas Gerais Vale, espaço integrante do Circuito Liberdade.

OBSERVATÓRIO É ESPAÇO DE DIÁLOGO

O Observatório do Circuito Liberdade é um fórum permanente de escuta da sociedade que acontece desde 2015. Tendo sempre a cidade como foco, os encontros são abertos para a população e buscam o diálogo com movimentos sociais, coletivos de cultura, universidades, dentre outros grupos. É um espaço para que governo e sociedade possam pensar e debater juntos soluções para as políticas de Cultura de Minas Gerais.

 

Em 2018 o Observatório ganhou um formato inédito. Agora o público é quem sugere os temas a serem debatidos nos encontros. O Centro de Informação ao Visitante do Circuito Liberdade, no prédio Rainha da Sucata, disponibiliza uma urna para receber as sugestões, que também podem ser enviadas por e-mail, para o endereço eletrônico assessoriacircuito@iepha.mg.gov.br.

SERVIÇO

8º Observatório do Circuito Liberdade – “O artista, a cidade e o espaço cultural”

Dia: 21/junho

Horário: 19h às 21h

Entrada gratuita, com espaço sujeito à lotação (200 lugares).

 

Informações:  (31) 3289-8900

Balklänning Robe De Mariée Robe De Mariée Balklänning