Como Chegar

Design de Carros no Brasil

Apresentação

Automóveis fazem parte do imaginário das pessoas – crianças rabiscam carros no caderno escolar, adultos se realizam ao escolher acessórios visuais para tornar o veículo mais atraente. O que está por trás disso? A resposta talvez esteja no fascínio que o automóvel irradia desde o seu surgimento, em 1886. Ao longo do tempo, nenhuma outra máquina, ao alcance de todos, ganharia uma carga simbólica tão grande: liberdade, autonomia, desejo e prosperidade são sentimentos estimulados pela perfeita combinação entre forma e função.

A busca por esse equilíbrio num país apaixonado por automóveis foi o tema da exposição Design de Carros no Brasil – rupturas e inovações, um oferecimento da Fiat, em parceria com a IV Bienal Brasileira de Design e o Governo de Minas, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura. A história do design automotivo brasileiro é contada a partir dos veículos e de seus criadores, profissionais que ajudam a romper as barreiras dos mercados e os limites para as inovações. Se hoje o Brasil é o sétimo maior produtor mundial de automóveis e um exportador de tecnologia e design na área, cabe a eles parte desse crédito.

A Exposição

Conteúdo

Clique aqui e veja.

Salas

Dentro da proposta temática da IV Bienal Brasileira de Design, que ocorre em Belo Horizonte no ano de 2012, a mostra Design de Carros no Brasil: Rupturas e Inovações pretende revelar a influência da diversidade brasileira na criação dos automóveis – e, por outro lado, a influência dos carros na vida das pessoas. Além de apresentar ao público a linha cronológica do automóvel no Brasil, a mostra conta com trabalhos de quatro consagrados artistas – Regina Silveira, Cao Guimarães, Cris Bierrenbach e Máximo Soalheiro –, que, em suas obras, abordam a relação entre os carros e o imaginário popular. A mostra também conta com a exposição de quatro carros, que representam inovações no design automobilístico. Os visitantes da exposição também têm a oportunidade de acompanhar de perto o desenvolvimento do ofício de um designer de veículos. Num dos espaços da Casa Fiat de Cultura, haverá reprodução de um escritório de design automotivo.

Linha do Tempo

lttObras e Artistas

O percurso expográfico da mostra Design de carros no Brasil – rupturas e inovações também abre espaço para o contato do público com algumas obras de artistas contemporâneos cujos trabalhos trazem referências de automóveis. São eles: Regina Silveira, Cao Guimarães, Cris Bierrenbach e Máximo Soalheiro. Cada artista apresenta de maneira singular o fascínio que o automóvel exerce no nosso cotidiano. Regina Silveira com o grafismo criado faz referência à velocidade; Cao Guimarães, à possibilidade de deslocamentos; Cris Bierrenbach, ao modo como os veículos se comportam no plano urbano; Máximo Soalheiro, à sedução que esse objeto exerce sobre todos nós. Ao reunir o trabalho desses quatro artistas, a exposição busca estabelecer com os visitantes diálogos sobre a importância e consequente influência que o automóvel, ao longo de sua existência, vem despertando sobre nosso cotidiano.

Cris Bierrenbach

(São Paulo, SP, 1964) Desafios, 2012 Em seu processo investigativo, Cris Bierrenbach vem desenvolvendo trabalhos a partir de diferentes suportes, sendo a fotografia e o vídeo os mais recorrentes. Por meio dessas mídias, a artista põe em destaque uma série de discussões, principalmente sobre o corpo da mulher, que problematiza os estereótipos aos quais está suscetível. Muitas vezes, a artista se utiliza de seu próprio corpo, característica que atribui a seus trabalhos um forte dado autobiográfico. A preocupação com o universo feminino, no entanto, não se limita a esse aspecto. Em outros trabalhos, Bierrenbach amplia o escopo de interesse, ao abordar a problemática do corpo para além de seus limites físicos, e, assim, também compreendê-lo como parte do contexto que o circunda. Essa é a proposta de Desafios (2012), apresentado na exposição. O vídeo revela a sutileza do olhar de um transeunte anônimo, que, de bicicleta, coloca-se em confronto com a agressividade do trânsito de uma grande cidade.

Regina Silveira

(Porto Alegre, RS, 1939) Derrapagem, 2005/2012 Vinil adesivo e caminho de madeira É notória a importância assumida pela obra de Regina Silveira no panorama artístico nacional e internacional. Desde o final da década de 1960 e começo dos anos 70, a artista desenvolve trabalhos em que malhas geométricas e perspectivas aparecem de maneira marcante. O público terá a oportunidade de ver a instalação Derrapagem (2005/2012), de Regina Silveira, artista de notória importância nos panoramas artísticos nacional e internacional. Derrapagem constitui-se da representação de sombras, criadas com base em distorções projetivas inventadas, nas quais o elemento causador não está presente. Para tanto, a artista utiliza-se de sombras como índice de ausência, provocando questionamentos sobre a natureza da representação visual e o modo como se apresenta à percepção do observador.

Cao Guimarães

(Belo Horizonte, MG, 1965) Memória, 2008 Vídeo digital em alta definição – Colorido 5 minutos Um dos nomes de maior destaque no cenário atual da videoarte brasileira, o mineiro Cao Guimarães apresentará o vídeo Memória (2008), que une o presente, passado e futuro na imagem em movimento capturada através do pára-brisa de um carro que percorre uma estrada na Grécia. A paisagem aparece em ambas as direções, visto que o enquadramento engloba tanto a visão do que está à frente do carro quanto a imagem refletida no espelho retrovisor. O filme foi gravado em plano-sequência, sem cortes, de forma a exibir um retrato do tempo que passa nessa locomoção no espaço.

Máximo Soalheiro

(Sardoá, MG, 1955) Máximo Soalheiro, que, desde a década de 1970, é reconhecido pela pesquisa empenhada nas áreas da cerâmica e da tipografia, expôs na mostra o Novo Uno, que apresenta em sua criação a relação com a “azulejaria tipográfica” a partir do desenvolvimento de cores e tons, baseados nos minerais de Minas Gerais. O trabalho pode ser analisado pelas cores, tecidos e acabamentos internos. A denominada “azulejaria tipográfica” de Soalheiro seleciona elementos entre ornamentos de antigas oficinas gráficas, para servir a uma das questões de fundo de seu trabalho – a modulação. Os elementos são fotografados e depois reproduzidos vetorialmente em computador, transformando-se em desenho – um resgate instigante e cheio de desafios.

Horário de Funcionamento

Terça a sexta das 10h às 21h
s
Sábado, domingo e feriado das 14h às 21h.
Período: 28 de setembro a 31 de outubro

Mais informações:
www.bienalbrasileiradedesign.com.br
www.casafiatdecultura.com.br

ENTRADA GRATUITA
Como Chegar?

 

Programação Paralela

Palestras

Paralelamente à exposição Design de Carros no Brasil, serão realizadas cinco palestras sobre os processos e o desenvolvimento de design. As discussões acontecem nos dias 2, 9, 16, 23 e 30 de outubro, sempre às terças-feiras, no auditório da Casa Fiat de Cultura, das 14h às 15h, com entrada franca.
Dentre as temáticas abordadas, estão os processos de desenvolvimento de design dentro do Fiat Design Center LATAM, da realização de pesquisas de mercado à criação do briefing, passando pelas atividades iniciais de definição de linhas guias, geração de alternativas, desenvolvimento de modelos virtual e físico, até o modelo final de produção. Também haverá apresentação dos cases de sucesso dos modelos Fiat NOVO UNO, NOVO UNO Ecology e Fiat MIO.

Palestrantes

Peter Fassbender

Graduado em Design Industrial pela Universidade Fachhochschule Pforzheim, na Alemanha, está no grupo Fiat desde 1989. Inicialmente, atuou no Centro Stile Italia, onde esteve por doze anos. Sua última atuação foi como Chief Designer Exterior. Desde 2002, encontra-se na Fiat Automóveis, como Head do Fiat Design Center LATAM. Como destaque dos projetos realizados sob sua gestão, apresentam-se as linhas “Adventure”, desenvolvidas para a América Latina, e o Novo Uno, eleito o carro do ano 2011 e fruto do primeiro projeto 100% brasileiro. Outro projeto marcante é o Fiat Mio, primeiro carro desenvolvido em Open Source por uma montadora. Os internautas participaram por meio do envio de sugestões para o desenvolvimento do futuro automóvel.

Paulo Nakamura

Graduado em Desenho Industrial, com ênfase em Projeto de Produto pela FAAP de São Paulo, pós-graduação em Administração pelo PUC- IEC/ ISVOR, é responsável pelo setor de Design do Fiat Design Center LATAM, que abrange as áreas de interior e exterior design, Color & Trim, Graphic Design e Advanced. Anteriormente, atuou como designer de motocicletas.

Serviço:
Ciclo de Palestras “Design e Inovação”
Local: Auditório da Casa Fiat de Cultura
Data: 2, 9, 16, 23 e 30 de outubro – das 14h às 15h
Informações: 31 3289-8900
Agendamento: 31 3289-8910
www.casafiatdecultura.com.br

ENTRADA E TRANSPORTE GRATUITOS

Oficinas

Os visitantes da mostra Design de Carros no Brasil: Rupturas e Inovações são convidados a participar de um ateliê aberto que tem o objetivo de auxiliar na compreensão do processo criativo e do contexto profissional do Design. A oficina oferece aos visitantes materiais alternativos, de descarte e reciclagem, para serem transformados em objetos que solucionem problemas cotidianos. O resultado é o estímulo a discussões sobre a importância dos produtos na sociedade, as funções dos objetos e até discussões mais profundas que envolvem sustentabilidade, desperdício e um olhar crítico sobre as bases históricas comerciais e industriais.
Cada produto da oficina será fotografado e postado no blog “Projeto Objeto”, no intuito de documentar e expor ao público os objetos criados. A imagem do produto é acompanhada de uma ficha, que detalha a descrição do problema a ser resolvido, o nome do produto, público-alvo, slogan e preço sugerido.
Além disso, o Programa Educativo propõe a concepção do “Caderno de novas criações”. A atividade sugere ao público desenhar ou descrever o objeto que gostariam de criar, que pudesse amenizar ou facilitar questões da vida no contexto da contemporaneidade. O livro ficará à disposição dos visitantes durante todo o período da exposição, servindo de consulta, criação e comunicação entre o público. Os dois materiais do Educativo possibilitam ao público refletir sobre a função do design de produtos, tanto por meio do desenho e da arte, quanto do desenvolvimento prático com objetos concretos. Confira os resultados no blog http://projetoobjeto.wordpress.com/

DESIGN DE CARROS NA SALA DE AULA
PARA O PROFESSOR: PROPOSTA DE ATIVIDADES EM SALA DE AULA

Pensando no potencial reflexivo que os objetos podem gerar, o Programa Educativo propõe atividades a serem trabalhadas em sala de aula, sendo possível e importante sua aplicação de forma multidisciplinar.
Professor, sinta-se à vontade para desdobrar as proposições abaixo:

PROPOSTA 1: HISTÓRIA DOS OBJETOS

“Quem pensaria em perguntar quem primeiro desenhou a cadeira com um pé em cada canto?”
As investigações em sala de aula serão pautadas nas provocações propostas pelo professor, pensando nos objetos como arquétipos, que trazem com eles suas histórias e seus símbolos, sendo o design o elemento principal de desdobramento e aprimoramento de suas formas e funções. Para isso, o professor irá propor uma pesquisa para a turma, a ocorrer da seguinte forma: divididos em pequenos grupos, os alunos irão eleger seus objetos, dos quais serão investigadas as origens e os desdobramentos funcionais e estéticos pela história.
Algumas questões para aquecer as discussões:
Quais foram as principais mudanças sociais e históricas ocorridas com esses objetos ao passar do tempo?
O objeto se tornou mais acessível para a população?
Existe um novo arquétipo hoje?

PROPOSTA 2: SLOGANS

Propor uma pesquisa sobre alguns produtos do mercado e seus slogans. A proposta dessa atividade é investigar valores e mensagens agregadas por meio das propagandas.
Algumas questões para aquecer as discussões:
Qual a influência do design no conceito do objeto?

PROPOSTA 3: PROJETO OBJETO

Qual o público-alvo desta propaganda?
Essa proposta foi desenvolvida para o público visitante da exposição, sendo possível sua aplicação em sala de aula. Para que essa atividade possa ser aproveitada em toda a sua potencialidade, é importante que o professor elabore uma aula sobre os aspectos do design, a partir do século XX, considerando a Escola Bauhaus e a Escola Superior da Forma de Ulm e dos artistas e professores que delas surgiram.
O professor irá dividir a turma em dois grupos. Cada grupo irá propor uma situação-problema (desde questões sobre a ponta de um lápis a problemas do trânsito atual) e passá-lo ao outro grupo, para que estes tentem solucioná-los, por meio da criação de objetos, pensando suas formas e funções para a solução. É importante ressaltar que a atividade não deve obedecer a nenhuma lógica óbvia ou racional. Dessa forma, os alunos serão estimulados a pensar o processo de trabalho de um designer, de forma lúdica e criativa.
A criação dos objetos deve ser feita de forma coletiva, mas cada integrante do grupo desempenhará funções específicas, dentro das etapas de funcionamento desse processo. São elas:
– Primeira etapa: conceituação do objeto.
– Segunda etapa: estudo da forma e função do objeto e desenho.
– Terceira etapa: produção do objeto, partindo do bidimensional (desenho) para o tridimensional (objeto).
– Quarta e última etapa: apresentação do objeto criado. Possibilidade de encenação do grupo de como funcionará o objeto.

Educativo

Apresentação

“Os objetos são nossa maneira de medir a passagem de nossas vidas. São o que usamos para nos definir, para sinalizar quem somos, e o que não somos.” (SUDJIC, 2010)

O programa educativo desenvolvido para a exposição Design de Carros no Brasil: Rupturas e Inovações tem como objetivo gerar reflexões sobre o design como chave para entender o mundo construído pelo homem e estimular a pensar no limite entre arte e design. Elaborado a partir da pergunta: Os objetos contam histórias?, o projeto incita discussões acerca das possibilidades de comunicação dos objetos, seus valores e mensagens agregadas, após a sua criação.
Antes da visita à galeria, os grupos agendados são envolvidos na atmosfera da exposição e convidados a participar de um ateliê aberto para compreender o processo criativo e o contexto profissional do design, por meio da confecção de objetos a partir de materiais alternativos e objetos já existentes.
O serviço educativo inclui atividades lúdicas, visitas agendadas, atividades para a família e visitas orientadas, sempre vinculadas à mostra. Um atendimento especial será feito aos professores, com o objetivo de facilitar a aplicação dos conteúdos em sala de aula, em conexão com as diversas disciplinas.

Visitas Orientadas

As visitas orientadas possibilitam aos visitantes conhecer a exposição com a mediação dos educadores, que estão disponíveis em tempo integral na galeria e no ateliê para atender aos interessados no diálogo. As visitas são realizadas durante a semana e aos fins de semana.
A equipe de educadores é capacitada de acordo com o tema da mostra, em diferentes áreas do conhecimento: design, história, sociologia, entre outros.

Acessibilidade:
A exposição ainda oferece atendimento a pessoas com necessidades especiais, com educadores especializados na Linguagem Brasileira de Sinais (Libras). Os espaços expositivos possuem acessibilidade para cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida. A entrada é gratuita em todas as atividades.

Serviço:
Design de Carros no Brasil: Rupturas e Inovações
Local: Casa Fiat de Cultura (Rua Jornalista Djalma Andrade, 1250 – Belvedere) 
Telefone: (31) 3289-8900
Horário de Funcionamento:
Terça a sexta das 10h às 21h
sábado, domingo e feriado das 14h às 21h.
Período: 28 de setembro a 31 de outubro
Mais informações: www.bienalbrasileiradedesign.com.br e www.casafiatdecultura.com.br

ENTRADA GRATUITA

Agendamento – Grupos / Professores

Grupos e Escolas que desejam visitar a mostra Design de Carros no Brasil: Rupturas e Inovações podem agendar previamente seus encontros. São disponibilizadas seis diferentes horários e a visita orientada se inicia na galeria, fazendo todo o percurso de salas e finaliza no ateliê.

Serviço:
Agendamento mostra “Design de Carros no Brasil: Rupturas e Inovações”
Horário: Todos os dias, de 9h às 17h
Horários das visitas: Terça a sexta – 9h45, 10h, 14h, 14h30, 15h e às 19h30.
Contato: (31)3289-8910 / agendamento1@casafiat.com.br

Atividades

Paralelamente à exposição Design de Carros no Brasil, serão realizadas cinco palestras sobre os processos e o desenvolvimento de design. As discussões acontecem nos dias 2, 9, 16, 23 e 30 de outubro, sempre às terças-feiras, no auditório da Casa Fiat de Cultura, das 14h às 15h, com entrada franca.
Dentre as temáticas abordadas, estão os processos de desenvolvimento de design dentro do Fiat Design Center LATAM, da realização de pesquisas de mercado à criação do briefing, passando pelas atividades iniciais de definição de linhas guias, geração de alternativas, desenvolvimento de modelos virtual e físico, até o modelo final de produção. Também haverá apresentação dos cases de sucesso dos modelos Fiat NOVO UNO, NOVO UNO Ecology e Fiat MIO.

Palestrantes

Peter Fassbender
Graduado em Design Industrial pela Universidade Fachhochschule Pforzheim, na Alemanha, está no grupo Fiat desde 1989. Inicialmente, atuou no Centro Stile Italia, onde esteve por doze anos. Sua última atuação foi como Chief Designer Exterior. Desde 2002, encontra-se na Fiat Automóveis, como Head do Fiat Design Center LATAM. Como destaque dos projetos realizados sob sua gestão, apresentam-se as linhas “Adventure”, desenvolvidas para a América Latina, e o Novo Uno, eleito o carro do ano 2011 e fruto do primeiro projeto 100% brasileiro. Outro projeto marcante é o Fiat Mio, primeiro carro desenvolvido em Open Source por uma montadora. Os internautas participaram por meio do envio de sugestões para o desenvolvimento do futuro automóvel.

Paulo Nakamura
Graduado em Desenho Industrial, com ênfase em Projeto de Produto pela FAAP de São Paulo, pós-graduação em Administração pelo PUC- IEC/ ISVOR, é responsável pelo setor de Design do Fiat Design Center LATAM, que abrange as áreas de interior e exterior design, Color & Trim, Graphic Design e Advanced. Anteriormente, atuou como designer de motocicletas.

Serviço:
Ciclo de Palestras “Design e Inovação”
Local: Auditório da Casa Fiat de Cultura
Data: 2, 9, 16, 23 e 30 de outubro – das 14h às 15h
Informações: 31 3289-8900
Agendamento: 31 3289-8910
www.casafiatdecultura.com.br

ENTRADA E TRANSPORTE GRATUITOS

Material de Consulta

http://www.bienalbrasileiradedesign.com.br/bienal2012/

Ficha Técnica

Concepção do Educativo
Mailine Bahia Fernandes

Coordenação Executiva
Amanda Alves

Assistente de Coordenação
Amanda Moreira / Frederico Sá de Lino Silva
Pompéa Auter Tavares

Agendamento
Vinícius Mattoso Cabral

Educadores
Claudinéia Aparecida Pereira Coura
Iluriel Andrade Teixeira
Marcela Ramos Botelho Apgaua
Frederico Sá de Lino Silva
Ana Paula de Faria Gonçalves
Vinícius Marques de Oliveira
Jéssica Andie Robson
Lorena Galery Batista

Assistentes de Balcão
Aline Kellen de Souza
Caio Cotta Natale

Teste Seu Conhecimento

Clique aqui para testar seu conhecimento!

Ficha Técnica

Realização e Produção

Curadoria Concepção
Ritual Cultura e Entretenimento

Curador
Paulo Nakamura

Colaboração
FIAT Design Center LATAM
Peter Fassbender

Pesquisa
Leonardo Nishihata

Parceria Institucional
APPA

Patrocínio
Fiat

Apoio
Casa Fiat de Cultura

Incentivo
Governo de Minas

Produção
Marta Masiero

Produção Belo Horizonte
Fátima Guerra
Ana Paula Moreira Vale

Projeto de Expografia
B7 Arquitetura e Design

Construção da Expografia
AuCubo Design

Projeto de Iluminação
Mingrone Iluminação e Consultoria

Montagem
E3 Montagem

Ação Educativa Concepção
Mailine Bahia

Coordenação Executiva
Amanda Alves

Comunicação Visual
Via Impressa Design Gráfico

Revisão Ortográfica
Lia Trzmielina

Assessoria de Comunicação
Personal Press
Polliane Eliziário
Anne Morais
Luciana Pimenta

 

Balklänning Robe De Mariée Robe De Mariée Balklänning